Notícias / Notícias Brasil

TRÊS DIAS DEPOIS

Padre que sumiu após ir rezar por morto é achado desorientado e desidratado

Religioso ficou três dias desaparecido e relatou versão dele à polícia

sábado, 17/10/2020, 17:42 - Atualizado em 17/10/2020, 17:42 - Autor: Com informações do portal UOL


| Divulgação

O padre José Gilmar Moreira, que desapareceu na última terça-feira (13), em João Pessoa, na Paraíba, foi encontrado na tarde desta sexta-feira (16), no litoral sul do Estado, andando desorientado e debilitado. O pároco afirmou que foi vítima de um sequestro. 

Padre sai para rezar por morto, manda pedido de socorro e some

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Victor Melo, em entrevista ao portal UOL, o padre relatou que foi abordado por dois ou três homens que pensaram inicialmente que ele era motorista de transporte por aplicativo.

Segundo o pároco, ele foi levado para uma área de mata onde colocaram um capuz e amarraram suas mãos. A todo tempo, os bandidos exigiam dinheiro, segundo depoimento dado à polícia. 

Na quarta-feira, eles teriam deixado o padre no local e foram embora. O padre disse que só teve coragem de sair do local nesta sexta-feira em busca de ajuda. Nesse período, ele não comeu nada e só tomou água da chuva. Ninguém foi preso até o momento. 

Na manhã da sexta-feira, a polícia localizou o carro do religioso próximo à Tambaba, praia de naturismo na região. 

Em nota, a Arquidiocese da Paraíba confirmou o aparecimento do padre e disse que ele está bem e sendo acompanhado pelo setor jurídico e de pessoas próximas ao sacerdote para que tudo seja devidamente esclarecido. 

O CASO

José Gilmar, pároco da Igreja Santa Teresinha, desapareceu após ser chamado para rezar por um corpo na última terça-feira (13). Uma mensagem com pedido de socorro foi enviada do número de celular do padre.

De acordo com o portal T5, o padre saiu na manhã daquele dia após ser chamado pela  família de um morto para "encomendar o corpo". Alguns instantes depois, uma pessoa da paróquia recebeu uma mensagem do religioso, via Whatsapp, na qual pedia socorro.

Não houve resposta às tentativas de contato com o padre após o recebimento da mensagem. Segundo Thiago Melo, secretário da paróquia, o aparelho aparecia sem sinal de internet, fora de área ou desligado.

Conteúdo Relacionado


4 Comentário(s)

Exibir mais comentários

MAISACESSADAS